Vitória cai para o Cuiabá, volta a perder no Barradão e segue na lanterna

0

Apesar de ficar quase um mês se preparando, o Vitória não colocou em prática o que foi ensaiado e retomou a Série B com revés. Em partida realizada na noite desta terça-feira, 9, o Rubro-Negro voltou a decepecionar a sua torcida e caiu para o Cuiabá por 1 a 0, no Barradão, em Salvador. O único gol da partida foi marcado pelo defensor Everton Sena, ainda no primeiro tempo.

>>Veja tabela de classificação e jogos da Série B

Com o resultado,  Leão permanece na lanterna da competição com quatro pontos e apenas um triunfo. Já a equipe matogrossense encerra uma sequência de seis jogos sem vencer e sobe cinco posições na tabela de classificação e ocupa a décima colocação.

O próximo confronto do Vitória será no próximo dia 19, uma sexta-feira, diante do Criciúma, às 21h30, mais uma vez em seus domínios.

O jogo

O Vitória foi superior durante quase toda a primeira etapa. Poucas foram as subidas do Cuiabá ao campo de ataque. Entretanto, o fator determinante do futebol é o gol, o que  faltou para o time Rubro-Negro terminar o primeiro tempo na frente do placar. O Leão dominou a posse de bola, soube chegar no seu setor ofensivo, mas faltou aquele último toque de qualidade para configurar os momentos de criatividade em gols.

Logo no início da partida, aos 11 minutos, Anselmo Ramon recebeu cruzamento rasteiro de Matheus Rocha, o atacante dominou e tentou o giro, mas foi atingido por baixo pela defesa cuiabana. No entanto, o árbitro não viu falta no lance e mandou o jogo seguir. Logo em seguida, aos 14, Gedoz faz boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou para um dos estreantes da noite, Marcelo, mas o atacante não consegue cabecear com firmeza e a bola saiu pela linha de fundo.

Outro lance que expôs claramente a falta de qualidade do Leão no último toque foi aos 32 minutos, quando, mais uma vez, Gedoz fez boa trama pelo lado direito e cruzou rasteiro. Na jogada, o goleiro Victor Souza espalmou para o meio da área, mas ninguém apareceu para empurrar para o fundo das redes.

Como diz o velho conhecido ditado no futebol: “Quem não faz, leva”. E com o Vitória não foi diferente. Aos 36, o Cuiabá cobrou escanteio pela direita e Anderson Conceição subiu livre para testar firme para dentro da meta defendida do goleiro Martin Rodriguez. Com o gol, o elenco Rubro-Negro ficou visivelmente nervoso na partida e começou a arriscar chutes da intermediária, sem sucesso.

Para a segunda etapa, Loss resolveu mudar o time. Sacou o Marcelo e colocou Wesley, gerando mais dinamismo no jogo. Aos 6 minutos, o próprio atacante sofreu falta na entrada da área. Na cobrança, Felipe Gedoz bateu rente à trave defendida por Victor Souza. Poucos minutos depois, aos 10, O Leão subiu pelo lado direito trocando passes. Matheus Rocha cruzou, a zaga cuiabana afastou e Chiquinho chegou batendo em cima da marcação. O lateral pegou o rebote, mas foi travado mais uma vez.

A partir daí, o Rubeo-Negro perdeu intensidade na partida, se desesperou a começou a apostar nos chutes de longa distância. Com isso, por diversos momentos, a bola foi beijar as arquibancadas do estádio Barradão. Para o Cuiabá, restou apenas fazer o arroz com feijão, fechar os espaços, segurar a partida e, por fim, levar os três pontos para a capital do Mato Grosso.

 

A Tarde