Vitória: Amadeu reconhece partida ruim, mas comemora resultado positivo contra o Vila Nova

0

O técnico do Vitória, Carlos Amadeu, reconheceu que o Vitória não fez boa partida, mas enalteceu e muito o resultado. O Rubro-Negro baiano derrotou o Vila Nova na noite desta terça-feira (3), fora de casa, por 2 a 0. Essa foi a segunda partida que o Leão conseguiu vencer longe do Barradão, antes havia derrotado o CRB por 1 a 0 no Rei Pelé.

Amadeu falou da partida. “A gente tem que classificar como positivo, pela vitória, três pontos, pelo conjunto da obra, porque a gente soma agora sete jogos 13 pontos. Os empates agora, que foram tão criticados, são somados, e a gente vê aproveitamento de 66%. Isso é bem positivo. A gente não fez um grande jogo, mas fez um jogo de resultado”, reconheceu o treinador.

Apesar de criar pouco no primeiro tempo, o Vitória contou com a sorte no primeiro gol de Wesley e depois, em boa jogada, ele mesmo fez o segundo do Leão e dele na partida. No segundo tempo, o Vitória se posicionou para jogar no contra-ataque, foi pressionado pelo Vila Nova, que colocou duas bolas na trave.

Carlos Amadeu explicou. “O Vila Nova colocou dois centroavantes, um 4-2-4. Soltou os dois laterais ao mesmo tempo, correndo risco de sofrer contra-ataques, como sofreu em algumas situações, mas não fomos contundentes para tirar proveito disso. Como colocaram muitos jogadores na área, é natural esse bate-rebate. Tentamos neutralizar diminuindo as distâncias para evitar cruzamentos, depois a confusão se forma. Eles estavam com dois avantes, um de 1,95m, mas a gente teve um comportamento positivo, tanto que não sofremos gol. O que não gostei foi que ficamos tirando a bola em vez de abrir o jogo e tentar construir, respirar, como fizemos no primeiro tempo. Terminamos o primeiro tempo com posse, o que é positivo, porque conseguimos respirar. No segundo tempo, tivemos poucos momentos de equilíbrio nas jogadas ofensivas para reter mais a bola”, declarou.

Após uma maratona de jogos, o Vitória terá 11 dias para reorganizar a equipe antes da partida contra o Guarani, sabado (14), no Barradão. O treinador comentou a oportunidade de consertar os problemas constatados nos sete jogos que comandou o time. “A gente tem que fazer um trabalho de recuperação de alguns atletas, que está dentro da programação. Vamos recuperar alguns. Alguns, que têm necessidade de maior ritmo de jogo, vão jogar pelo sub-23. Terão descanso no fim de semana. E a gente volta a trabalhar normalmente com foco total para o Guarani, dessa vez com tempo maior para treinar. Aí a gente vai dar realmente atenção maior à parte ofensiva, de posse de bola, apesar de o time não ter muito essa característica, tentar extrair o máximo para ter mais controle, que é o que a gente busca neste momento”, finalizou.

Com a vitória sobre o Vila Nova, o Vitória chegou aos 24 pontos e ocupa a 14ª colocação na Série B.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Radar da Bahia