PSL suspende cinco deputados de atividades partidárias

0

O PSL decidiu, em convenção nacional extraordinária nesta sexta-feira (18), suspender das atividades partidárias cinco deputados: Alê Silva (MG), Bibo Nunes (RS), Carlos Jordy (RJ), Carla Zambelli (SP) e Filipe Barros (PR).

Os cinco parlamentares assinaram a lista que apoiava o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como novo líder da bancada. Eduardo é filho do presidente Jair Bolsonaro.

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), afirmou que os parlamentares terão direito de resposta, “mas a suspensão começa imediatamente”.

 

Bahia.ba