Por Tamires Alves: Como lidar com as frustrações?

0

 

Sabemos que não temos o controle de tudo que acontece ao nosso redor e que cedo ou tarde enfrentaremos uma frustração seja em menor ou maior escala, isso pode gerar uma sensação de incapacidade caso a realização do objetivo dependa da própria pessoa.
E quando a frustração vem, não sabemos lidar com ela e por vezes acabamos distorcendo a interpretação dos fatos, o que torna a experiência ainda mais dolorosa e acaba lhe impedindo de estabelecer novas metas.
A frustração é um estado emocional negativo frente a um objetivo não alcançado decorrente de um impedimento ou conflito, é uma expectativa não atendida. As frustrações estão presentes em todas as esferas da vida e os obstáculos podem ser emocionais, sociais, físicos e financeiro, como por exemplo estudar e ser não ser aprovado ou não receber a promoção desejada mesmo se dedicando tanto, porém isso não faz de você um fracassado ou incompetente.
Quando mal administrada pode desencadear depressão, falta de motivação, raiva, stress e auto agressão (como o suicídio ou mutilação), afetando a vida do indivíduo de tal modo que implique no seu desempenho ocupacional, social e afetivo. As razões para tal vulnerabilidade ou da resiliência são diversas como história de vida, privações ou falta de limites (aqui vale acrescentar quando na infância ou adolescência o indivíduo que sabe lidar com o “Não” logo se tornará um adulto suscetível a frustrações.
As frustrações estão presentes no nosso dia a dia, ela pode trazer danos ou benefícios. Mas como se tornar resiliente, ou seja como lidar com ela?
Antes é necessário entender que a forma para lidar com a frustração pode ser diferente, isso depende do obstáculo e área sofrida.
Primeiro análise a situação, não fuja e veja o que pode tirar de proveito ou se ainda tem solução.
Segundo se depois de uma análise o obstáculo não houver solução, tente uma alternativa semelhante, como por exemplo: se o objetivo for comprar um carro 0 km, mas houve um obstáculo financeiro sem solução que, vale a pena pensar que tal um carro semi novo, isso pode reduzir a frustração, diferente de querer cursar medicina, mas por causa de obstáculos emocionais, como considerar ser incompetente e desistir, logo o que levará a pensar em cursar administração que nunca foi a área deseja (gerarndo outra frustração deixando a situação ainda pior).
Terceiro cuidado com as estratégias compensatórias, como o consumo excessivo de álcool, drogas e até mesmo alimentos pode gerar danos fisiológicos e psicológicos.
Quarta nunca estabeleça metas impossíveis de serem alcançadas, e lembre-se você não pode controlar todos os acontecimentos ao seu redor, pode prevê-lo.