Peru se impõe, vence o Chile por 3 a 0 e vai enfrentar o Brasil em final inédita da Copa América

0

O Peru desbancou o Chile, venceu por 3 a 0 e se classificou para enfrentar o Brasil na final da Copa América 2019. A partida foi realizada na noite desta quarta-feira (3), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, para um público de mais de 33 mil pessoas.

Com Brasil e Peru classificados, esta edição da competição continental terá uma final inédita. As seleções nunca se enfrentaram na final da Copa América. Brasil e Peru jogam neste domingo (7), às 17h, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

O Peru dominou o jogo durante todo o primeiro tempo e fez valer a supremaci, convertendo as oportunidades em gols. Primeiro com Flores, aos 20 minutos. Cueva cruzou da direita, Carrillo desviou de cabeça e Flores, de trivela, mandou para o fundo do gol, abrindo o placar na Arena.

Mesmo depois do gol, o Peru seguiu melhor em campo e abriu 2 a 0 com naturalidade. Aos 37, Yotún ampliou o marcador! Após lançamento da defesa para Carrillo, o goleiro Arias abandonou o gol e foi driblado. A bola foi passada para Yotún, que recebeu o cruzamento, dominou, colocou no chão e encheu o pé, para estufar as redes chilena: 2 a 0.

No segundo tempo, o Chile tentou uma reação na base da pressão logo no recomeço do jogo. Aos 5 minutos, Aránguiz cobrou falta no primeiro pau, Sánchez desviou de cabeça, e a bola carimbou a trave de Gallese. O Peru respondeu aos 14 com Carrillo. Ele puxou contra-ataque, tocou para Guerrero, que cruzou para Cueva. Já dentro da área, o meia tocou para Yotún, que pegou muito mal, perdendo a oportunidade de amplicar o placar.

Aos 22 foi a vez do Chile assustar. Beausejour recebeu lançamento na esquerda, pegou de primeira com efeito e exigiu excelente defesa do goleiro peruano que, de mão trocada, evitou o gol chileno. Mais uma boa intervenção do goleiro peruano. Eduardo Vargas recebeu lançamento, saiu livre na área, se livrou dos agarrões de Cueva, mas parou em Gallese, que se tornou o nome do jogo.

GALLESE DE NOVO! Sánchez finalizou bonito de fora da área, e o destaque do jogo, o peruano Gallese caiu bonito para espalmar e evitar que o Chile diminuisse o placar. O Peru chegou ao terceiro gol com Guerrero, aos 45 do segundo tempo. Ele recebeu na frente e driblou o goleiro, dando números finais a partida. O Chile ainda exigiu mais uma excelente defesa de Gallese no final do jogo. Vargas deu uma cavadinha, e Gallese defendeu com apenas uma mão. Fim de papo em Porto Alegre!