Homens armados fazem de ‘Casa de papel’ vida real no México

0

CIDADE DO MÉXICO – Assaltantes armados invadiram uma loja da Casa da Moeda doMéxico nesta terça-feira, levando mais de 1,5 mil moedas de ouroavaliadas em ao menos 50 milhões de pesos (mais de R$ 10 milhões).

De acordo com o jornal espanhol “El País”, o grupo de quatro homens entrou na loja de recordações leigada à Secretaria da Fazenda do México no Paseo de la Reforma, a grande avenida que corta o centro da capital, por volta das 10h30 no horário local brandindo armas e dominou o único guarda presente.

Os assaltantes então seguiram para o cofre, enchendo uma mochila com 1.567 moedas de ouro comemorativas conhecidas como “centenários” e fugindo antes da chegada da polícia, numa ação que durou ao todo pouco mais de 3 minutos, mostram as imagens das câmeras de segurança.

Em entrevista a uma rádio, o secretário de Segurança da Cidade do México, Jesús Orta, se disse surpreso com a facilidade que os assaltantes chegaram á caixa-forte, acrescentando que a promotoria está interrogando os empregados e os guardas de segurança do local.

“Aparentemente eles não seguiram os protocolos de segurança, o que teria facilitado que se dessem estes fatos”, declarou Orta.

De acordo com o “El País”, não é a primeira vez que esta loja da Casa da Moeda mexicana é alvo de um assalto. Em julho de 2018, um grupo de pessoas entrou no edifício durante obras reforma e saiu com moedas de prata e ouro avaliadas em 3 milhões de pesos (cerca de R$ 600 mil), segundo relatos da mídia local.

Cunhados pela primeira vez em 1921 para comemorar o aniversário da independência do México, os “centenários” têm um valor de face de 50 pesos, mas, muito procurados por colecionadores, são vendidos a mais de 30 mil pesos (cerca de R$ 6 mil) cada. As moedas contêm aproximadamente 37,5 gramas de ouro puro.

 

 

O Globo