Dom Dirceu toma posse como bispo da diocese de Camaçari

0

 

Aconteceu na Catedral de São Thomaz de Cantuária, em Camaçari, a posse do novo bispo diocesano Dom Dirceu de Oliveira Medeiros, que ocorreu neste sábado, 19, com a missa solene e rito de posse.

Respeitando as recomendações das autoridades estaduais e municipais, a celebração foi restrita e com representatividade dos leigos, religiosos, autoridades, familiares e amigos do novo bispo.

A solenidade contou com a presença do Arcebispo da Arquidiocese primaz do Brasil Dom Sérgio da Rocha, além de outros bispos como Dom José Eudes, bispo da Diocese de São João del-Rei (MG), Dom João Cardoso, bispo da Diocese de Juazeiro e presidente da CNBB NE3, o presidente da CNBB, Dom Walmor de Oliveira dentre outros bispos e sacerdotes vindos de Minas Gerais e regiões vizinhas.

Os sacerdotes das paróquias candeienses Frei Thiago Noronha e Padre Milton também participaram da celebração.


Palavras do novo bispo

“Hoje, iniciamos um novo caminho. Deus abre para nós uma nova estrada. Quero trilhar esse caminho com vocês. Duas palavras: respeito e corresponsabilidade. Aqui, há 462 anos, com o aldeamento e a construção do Colégio dos Jesuítas em Abrantes, a fé católica foi plantada. Temos a Missão de conservar e transmitir essa fé, respeitando os outros credos, sem renunciar a nossa identidade.

Respeito é a palavra, pois não começo do zero, mas estou ciente de que há um caminho já percorrido, porém, sei que o Espírito de Deus nos indicará novas frentes onde a semente do Evangelho deverá ser lançada, afinal é próprio do Espírito de Deus abrir novas estradas.

Corresponsabilidade, porque ninguém faz nada sozinho. A propósito, retomo parte de minha mensagem ao povo de Camaçari, no dia de minha nomeação: “Vocês ainda não me conhecem e nem eu conheço vocês, contudo já estão em meu coração de pastor. Minha disposição primeira é conhecer vocês e, com vocês, continuarmos essa caminhada na perspectiva da corresponsabilidade. Lembrem-se: ninguém faz nada sozinho, preciso de vocês, vocês precisam de mim e nós necessitamos de Cristo, o Bom Pastor, pois ele mesmo diz: ‘sem mim nada podeis fazer’!”.

Um olhar para frente: Camaçari e a região tornaram-se um importante polo industrial e uma realidade urbana. Evangelizar a cidade é um desafio: a pastoral urbana. Não podemos continuar insistindo em uma pastoral rural em um país cada vez mais urbano. Queremos ser, como nos aponta a Igreja no Brasil, uma casa de portas sempre abertas: ser casa de comunhão, de formação, missionária e da caridade para responder a estes desafios atuais.

Enfim, quero ir ao encontro de vocês! Minha primeira missão é conhecer. Rogo a proteção da Virgem das Candeias e de nosso Patrono São Thomaz de Cantuária.

Aproveito para CONFIRMAR, enquanto não definirmos o contrário, todas as funções da Diocese e peço que rezem por mim.”

CONHEÇA O NOVO BISPO

Natural de Barroso (MG), Dom Dirceu de Oliveira Medeiros, tem 48 anos, foi ordenado presbítero em 15 de dezembro de 2001, na Paróquia de Sant’Ana do Barroso.

Na sua Diocese de origem, São João del-Rei, exerceu diversas funções: animador diocesano das Campanhas da Fraternidade, Vigário Forâneo, Vigário Geral e, de 2018 a 2019, foi Administrador Diocesano. No Regional Leste 2 da CNBB foi coordenador da Comissão de Bens Culturais da Igreja. Foi Vigário Paroquial na Paróquia Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos em São João del-Rei de 2002 a 2004 e Pároco na Paróquia Nossa Senhora da Conceição da cidade de Prados (MG).

Exerceu a função de subsecretário adjunto geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), residindo em Brasília-DF de junho de 2019 a outubro de 2021.

Foi nomeado pelo Papa Francisco para ser o segundo bispo da Diocese de Camaçari no dia 27 de outubro de 2021. Sua ordenação episcopal aconteceu no dia 04 de dezembro de 2021 na Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar em São João del-Rei(MG). Seu lema episcopal é “In verbo tuo” – Na tua Palavra (Lc 5,5).

A Diocese de Camaçari, é composta pelos municípios de Camaçari, Dias D\’Ávila, Simões Filho, Candeias, São Sebastião do Passé, Madre de Deus, São Francisco do Conde e Terra Nova.