sábado , 20 abril 2019
Home / Destaque / STF autorizou quebra de sigilo de investigados em inquérito contra Temer, diz PGR

STF autorizou quebra de sigilo de investigados em inquérito contra Temer, diz PGR

BRASÍLIA – A Procuradoria-Geral da República informou que o Supremo Tribunal Federal autorizou no dia 15 de dezembro do ano passado a quebra de sigilo bancário e fiscal de investigados – pessoas físicas e jurídicas – no inquérito que apura se o presidente Michel Temer editou um decreto para beneficiar empresas do setor portuário.

Plenário do STF
Plenário do STF em Brasília Foto: André Dusek/Estadão

A PGR afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, ter feito os pedidos “por iniciativa própria” no dia 12 de dezembro e ter obtido a autorização integral do relator do inquérito, Luís Roberto Barroso, três dias depois. O órgão não informou o nome dos alvos das medidas solicitadas porque a investigação se encontra sob sigilo.

Além do presidente, são investigados no inquérito Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor de Temer e ex-deputado federal e Antônio Celso Grecco e Ricardo Conrado Mesquita, respectivamente dono e diretor da empresa Rodrimar. Todos negam irregularidades.

 

 

 

 

Estadão

Veja Também

Papa Francisco lava pé de brasileiro em cerimônia tradicional

Share this on WhatsApp ROMA- O papa Francisco lavou e beijos os pés de 12 presos nesta quinta-feira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *