São F. do Conde: Município está entre as cidades com menor índice de eleitores analfabetos

0
ELEICOES
De acordo com pesquisa divulgada recentemente pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), São Francisco do Conde está entre as cidades com os menores índices de analfabetismo. Foram registrados em Madre de Deus (1%), Salvador, Simões Filho, São Francisco do Conde, Lauro de Freitas e Camaçari, todos com 2%. O município também aparece entre as cidades com maior índice de eleitores que concluíram o Ensino Médio.

Na lista das cidades cujos eleitores completaram o Ensino Médio, o maior percentual foi registrado em Madre de Deus, com 41%. Também pontuaram bem no ranking Alagoinhas (35%), São Francisco do Conde (33%), Muritiba (30%), Santo Antônio de Jesus (30%), Senhor do Bonfim (29%), Governador Mangabeira (29%), Ipiaú (28%), Aramari (27%), Araçás e Dom Macedo Costa, ambas com 25%. Entre o eleitorado com Superior completo, os seis campeões são Madre de Deus (8%), Alagoinhas, Salvador, São Francisco do Conde, Santo Antônio de Jesus e Senhor do Bonfim, com 7% cada.

No ranking de eleitores analfabetos, Pedro Alexandre, localizada na divisa com Sergipe, lidera isoladamente, com índice de 28% – 20 pontos acima da média do estado, que é de cerca de 8%. Em seguida, vêm Itapicuru (23%), Sítio do Quinto (22%), Coronel João Sá (22%), Gongogi (21%) e Guaratinga (21%). Em mais 16 municípios, o analfabetismo atinge quase um quinto do universo de habitantes cadastrados no TRE. Outras 234 cidades superaram a marca de 10%. Na faixa dos chamados analfabetos funcionais, que apenas lêem e escrevem, o município de Tanque Novo, ao sul da Chapada Diamantina, ocupa o topo, com percentual de 46%, seguido de perto por Ituaçu (45%), Pilão Arcado (44%), Lagoa Real (44%), Guajeru (42%) e Candiba (42%).