Políticos anti-isolamento ‘devem pensar nas consequências de suas posturas’, diz arcebispo de São Paulo

0

Políticos que se posicionam publicamente contra medidas de distanciamento social devem “pensar bem” nas consequências de suas posturas, pois elas “podem ser trágicas para a população”.
Essa é a opinião de dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo e um dos líderes da Igreja Católica no Brasil.

“Seria melhor não desprezar a experiência, já adquirida, de outros países, que lidaram com a fase aguda da pandemia um pouco antes de nós”, diz dom Odilo, em entrevista ao GLOBO.
Em meio a manifestações de filósofos em defesa de reconhecimento da fragilidade da vida e da própria mortalidade em tempos de Covid-19, no lugar de se depositar toda expectativa na religião e na ciência, Dom Odilo destaca o ponto de vista da Igreja. “A postura resignada e sem esperança diante do mistério da morte não satisfaz às interrogações do coração humano”, afirma.

Ele conta que está “batalhando para manter empregos nas paróquias paulistanas”, mas diz que “ainda não sabemos como isso vai ficar, se as restrições para as celebrações e atividades permanecerem suspensas por muito tempo”.