Petrobras fica na Bahia e mantém 3 mil empregos !!

0

O diretor de Exploração e Produção da Petrobrás (E&P), Carlos Alberto Pereira de Oliveira, mais conhecido como Capo, comunicou na terça-feira (19), através de videoconferência, que a companhia voltou atrás e suspendeu a hibernação dos seus campos terrestres de petróleo nos estados da Bahia, de Sergipe, Rio Grande do Norte, Alagoas, Ceará e norte do Espírito Santo.
De acordo com o diretor, até o final desse ano, a Petrobrás não fará novas hibernações e nem as que já estavam previstas. Mas não voltará atrás nas hibernações que já foram implementadas, todas em plataformas marítimas de água rasa. A notícia ainda não foi publicizada externamente, só internamente para os gerentes que ficaram cientes da decisão da estatal nessa quarta (20) e informaram ao Sindipetro Bahia.
A decisão mostra a importância da luta dos Sindipetros e da FUP, que não aceitaram o fechamento dos campos de petróleo.
Depois de anunciar que iria “hibernar” as atividades dos campos de petróleo e gás na Bahia e no Nordeste e de ser acionada na Justiça Federal pelo deputado federal, Joseildo Ramos, a Petrobras recuou da decisão e deve manter mais de 3 mil empregos no estado, segundo o @sindipetroba. Uma excelente notícia para a Bahia e para os trabalhadores.

Além dos milhares de empregos que estavam ameaçados, a atitude da Petrobras poderia causar prejuízo ao caixa dos municípios e do Estado, com perda significativa na arrecadação de impostos como ICMS, Royalties e ISS, já que atividade de exploração movimenta toda uma cadeia de prestação de serviços. Cidades como #Candeias, #Catu, #Alagoinhas, #Cardeal da Silva, #Pojuca, #SãoSebastiãodoPassé, #MatadeSãoJoão, #Araçás, #CardealdaSilva, #Esplanada e #SãoFranciscoDoConde seriam impactadas
diretamente.
@radiovaldo, @deyvidbacelar,
@sindipetroba, @joseildoramos @nelsonpelegrino @bira. @robinson_almeida @afonsoflorence