Governadores do Nordeste querem retomar contrato com organização do Mais Médicos

0

Os governadores do Nordeste querem retomar o contrato com a Opas, organização pan-americana responsável pela exportação de profissionais de saúde, para reinstalar atendimento similar ao programa Mais Médicos. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação do jornal,o governador do Maranhão, Flávio Dino, afirmou que uma consulta já foi feita à entidade.

O propósito dos gestores é retomar um contrato regional com a organização. A Opas rescindiu o acordo com o Brasil e anunciou a retirada de médicos do programa, a maioria cubanos, logo após a vitória de Jair Bolsonaro.

A incapacidade do governo federal de repor as vagas antes ocupadas por cubanos deixou 28 milhões sem atendimento, estimou o New York Times. O Ceará é o segundo estado com o maior número em postos ociosos.

 

 

 

Folha de SP