Elinaldo acusa antecessores de desviar milhões nas obras de Camaçari

0
????????????????????????????????????

O prefeito de Camaçari, Elinado Araújo (DEM) acusou os seus opositores políticos de desvio de verba das obras da cidade metropolitana. Durante entrevista na rádio Metrópole, ao apresentador Zé Eduardo, o prefeito disse que encontrou a cidade com rombo de mais de R$53 milhões. Conforme ele, as gestões de Luiz Caetano e Ademar Delgado, desviaram verba das obras do Rio Camaçari, da linha do trem e das progressões de servidores públicos.

“Nós pegamos um município totalmente saqueado, eles desviaram R$26 milhões das obras do Rio Camaçari. Os meus antecessores, meteram a mão. Isso complicou a atrasou todos os avanços que estamos tendo no social. […] Tenho dito que o nosso maior projeto foi organizar as finanças”, disse, nesta terça-feira (6).

“Tive que devolver R$26 milhões, sempre estou indo à Brasília responder a União de R$12 milhões que desviaram na linha do trem. E além de R$15 milhões que sanamos ao servidor público e professores”, disparou, acusando ainda de desvio também na Cidade do Saber, uma das principais obras criadas pelo ex-prefeito Luiz Caetano (PT).

Elinaldo afirmou que houve um acordo com os professores municipais para pagar os R$15 milhões referente a progressões e promoções salariais.

O prefeito disse ainda que a “a Lava Jato tem que ir para Camaçari”.
Luiz Caetano governou Camaçari por dois mandatos, entre 2005 a 2012. Depois elegeu o sucessor Ademar Delgado que ficou de  2013 a 2016.

 

 

Bocão News