Bolsonaro publica supostas diretrizes da OMS sobre masturbação e relações homossexuais para crianças.

0

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), publicou, na noite desta quarta-feira, em seu Facebook, uma lista de supostas “diretrizes para políticas educacionais” da Organização Mundial da Saúde (OMS) em que aparecem recomendações sobre masturbação e relações homossexuais para crianças de 0 a 6 anos.

A publicação, que não cita a fonte dos supostos dados, ficou poucos minutos na rede social de Bolsonaro e, em seguida, foi apagada. Veja abaixo o que dizia o post do presidente:

“Essa é a OMS que muitos dizem que devo seguir no caso do coronavírus. Deveríamos então seguir também suas diretrizes para políticas educacionais?

Continua depois da publicidade

Para crianças de 0 a 4 anos de idade:

  • satisfação e prazer ao tocar o próprio corpo masturbação
  • expressar suas necessidades e desejos, por exemplo, no contexto de brincar de médico
  • as crianças têm sentimentos sexuais mesmo na primeira infância.

Para crianças de 4 a 6 anos de idade:

  • uma identidade de gênero positiva;
  • gozo e prazer ao tocar o próprio corpo;
  • masturbação na primeira infância;
    Continua depois da publicidade
  • relações entre pessoas do mesmo sexo.

Para crianças de 9 a 12 anos:

  • primeira experiência sexual.”
    Guerra contra a OMS
    Desde o início da pandemia de COVID-19, Bolsonaro – contrário ao isolamento social recomendado pelos órgãos de saúde – tem distribuído ataques a prefeitos, governadores, deputados e ministros que defendem a quarentena. Também tem lançado ofensivas à OMS.