Bira Corôa diz que não aceita imposição na escolha do nome para prefeito em Camaçari

0

O ex-deputado estadual, Bira Corôa (PT), disse que não aceita nenhuma imposição na escolha do nome para prefeito em Camaçari no pleito de 2020, ele ressalta que oposição necessita construir uma unidade com diálogo coletivo entre as forças, pois Camaçari depende dessa ação coletiva para sair do abandono que se encontra.

Bira ainda salienta, que reconhece a liderança de Caetano como peça politica no município e no Estado, mas não pode ser Caetano o impositor para a transformação na cidade. ” Me coloco como instrumento de diálogo para construção coletiva em torno de um projeto que intuito seja o regaste de uma Camaçari mais igualitária e justa. Por isso, não posso assentir que o nome seja imposto, sem ter um ambiente de debate da oposição. Não podemos fazer a exclusão de nomes, porém reafirmo que não permito fazer políticas personalistas, familiares ou individuais”, relata o ex-deputado.

Vale lembrar, que em 2012 o próprio Caetano escolheu Ademar Delgado para o suceder na prefeitura, meses depois os dois romperam e desde essa época Camaçari vive em crise.