Após recesso de 30 dias, sessão na Alba é encerrada por falta de quórum

0

A segunda sessão ordinária após o retorno do recesso parlamentar na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) caiu por falta de quórum nesta terça-feira (06), dia em que normalmente acontecem votações.

Por volta das 15h, o deputado Alan Sanches (DEM) pediu verificação de quórum e, mesmo após 15 minutos, o governo não conseguiu colocar o número mínimo de parlamentares para que a sessão tivesse continuidade.

Presidindo a sessão, Adolfo Menezes (PSD) fez um apelo para que os deputados comparecessem ao plenário. “Depois de um recesso de 30 dias, 40 dias”, ressaltou.

O mesmo apelo fez o líder do governo, Rosemberg Pinto (PT), a fim de que o projeto que reformula o cargos dos professores universitários estaduais fosse votado. Sem sucesso.

Alan chegou a frisar que a Comissão de Saúde não funcionou nesta manhã também por falta de quórum e fez um desabafo em plenário.

“Não conseguimos abrir mais uma vez a Comissão de Saúde. Sempre sou um defensor do trabalho dos deputados […] Mas o que eu não consigo entender é como esta Casa apenas com 10 comissões, a Comissão de Saúde não funciona. Eu já fiz reiteradas vezes a queixa ao presidente Nelson Leal e volto a dizer que a responsabilidade de cada deputado e deputada é dele ou dela. Não sou eu que vou determinar como e quando cada um tempo realizar o seu trabalho. Temos que repensar o funcionamento da Casa”, falou.

Estavam presentes na sessão desta terça, além de Alan, Rosemberg e Adolfo, Targino Machado, Talita Oliveira, Capitão Alden, Alex Lima, Zó, Robinson Almeida, Alex da Piatã, Niltinho, Olívia Santana, Zé Raimundo, Marcelino Galo,, Neuza Cadore, Hilton Coelho, Jacó, Tiago Correia.

 

 

Bahia.ba